Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 29/11/2018 19:11:34

Adolescentes, orientados pela professora da E.E. Cândido Portinari, criaram o MathGame, um jogo de tabuleiro que está sendo apresentado em Sumaré

Dois adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação no CASA Batatais, na região de Ribeirão Preto, participaram nesta quinta (29/11) do primeiro dia da 6ª Mostra de Ciências e Tecnologia do Instituto 3M, no SESI Sumaré. O projeto deles, o MathGame, foi um dos finalistas entre 337 projetos de alunos do 8º ou 9º anos dos ensinos Fundamental, Médio e Técnico, de escolas públicas e particulares da região metropolitana de Campinas e Ribeirão Preto serão apresentados. A Mostra continua nesta sexta (30/11).

O MathGame é um jogo de tabuleiro, com temática de um shopping center, criado para contemplar as quatro operações matemáticas – soma, subtração, multiplicação e divisão. Entre os finalistas, concorre na categoria Ciências Exatas e da Terra. A Mostra é gratuita e aberta ao público que se inscreveu previamente pelo site da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace).

A professora de Matemática Luciana Maganha, da E.E. Cândido Portinari – escola vinculadora atrelada ao CASA Batatais – foi a orientadora do projeto, cuja elaboração começou no primeiro semestre de 2018.

“Os alunos conseguiram passar o objetivo e a contribuição que o MathGame tem no ensino das quatro operações básicas da matemática”, avalia a professora sobre o primeiro dia da apresentação do projeto. “Diversos professores da área que passaram pelo estande elogiaram a iniciativa.”

A educação escolar na Fundação CASA é realizada em parceria com a Secretaria do Estado da Educação, seguindo calendário, conteúdo programático e material didático da rede pública estadual de ensino.

“Ser finalista é maravilhoso! Os garotos estão muito felizes, mostram cada vez mais que são capazes, inteligentes e que podem ainda contribuir com a sociedade”, analisa o diretor do CASA Batatais, Luciano de Fraga.

Para a Mostra, foram selecionados 105 projetos finalistas, que deverão expor seus trabalhos para o Comitê de Avaliação nos dois dias. No total, 273 estudantes (140 alunas e 133 alunos) finalistas e 127 professores representam 45 escolas, de 20 municípios diferentes. A lista completa dos projetos finalistas está disponível no site http://www.febrace.org.br/mostra3m2018/.

Realizada pelo Instituto 3M em parceria com o LSI-TEC e com apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), a Mostra contempla sete áreas do conhecimento: Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Engenharia.

Em cada categoria, o Comitê de Avaliação escolherá o primeiro, segundo e terceiro colocados. Cada premiado receberá certificado, medalha e troféu. O primeiro colocado de cada categoria poderá ganhar até R$ 1.100 de prêmio.

Já entre os professores/orientadores, o Comitê de Avaliação também selecionará aqueles que participaram do curso de Formação para a Prática da Ciência na Educação Básica em 2018, que concorrem ao Prêmio Professor Mobilizador. Ao todo, três nomes são selecionados para receber o certificado.

Entre as escolas, durante o evento, uma instituição será selecionada para o prêmio Escola Pioneira. A vencedora receberá o equivalente a R$ 20.000 para o desenvolvimento de projetos de ciências investigativos, que tem como participantes professores cursistas do Desafio de Inovação Instituto 3M 2018.