Por: Assessoria de Imprensa | Publicado em: 19/02/2018 14:25:59

Os jovens puderam vivenciaram diferentes conceitos por meio das estações científicas 

Ter uma vivência além do ambiente escolar é fundamental para despertar novos conhecimentos. Os adolescentes do CASA Serra da Cantareira, em Guarulhos, receberam na quinta-feira (15 de fevereiro) a equipe de educadores do Museu Catavento Cultural.

A proposta foi a instalação de estações de trabalho, onde todos os jovens puderam vivenciar três experiências diferentes. A oficina do ‘terrário’ trabalhou com os garotos a produção de um sistema natural em escala reduzida, em garrafas pet. Cada um construiu seu próprio terrário. Na sala ‘Lego’, os participantes trabalharam um pouco de física e as leis de Newton, montaram carrinhos com as peças do brinquedo. Eles se deslocavam com a força apenas do ar de uma bexiga. Já a estação ‘efeitos da embriaguez’, a discussão era sobre o resultado nocivo do uso de drogas e principalmente do álcool. Os jovens puderam usar um par de óculos que simulava embriaguez e tinham que percorrer um caminho tortuoso. Em meio a risos e brincadeiras pelo efeito que a utilização dos óculos causava, eles foram percebendo e discutindo as consequências do álcool na vida dos indivíduos.

De acordo com a coordenadora pedagógica, Ana Carolina Campos,  a ida dos educadores para dentro de um Centro de Internação Provisória é mais uma oportunidade de ampliação do repertório cultural. “Foi notável no semblante dos jovens o aguçar do conhecimento pelo lúdico”, relata.

O Catavento Espaço Cultural da Ciência apresenta à população infantil, juvenil e, também, aos adultos, um espaço lúdico, social e cultural, rico em objetos e ambientes de aprendizagem interativos e informais, que contribuem para o desenvolvimento da infância e da juventude, despertando a curiosidade e o interesse pela ciência. O espaço fica no Palácio das Indústrias, antiga sede da Prefeitura de São Paulo, o Espaço Cultural da Ciência.